Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

BERLIM - 14º Dia (Parte 2)

Berlim | 15 de Maio de 2008 | Parte 2 | a continuação...

 

Sempre quis fazer uma coisa deste género. Algo em que colocasse a palavra continua...e aqui fica a outra parte acerca da minha estada em Berlim.

 

Depois da Kate ter ido...continuei a tour por Berlim, passando por várias praças conhecidas de Berlim onde se encontram bonitos monumentos da cidade de Berlim, depois passámos à praça da universidade e por fim acabámos o nosso périplo de volta à Praça da Catedral de Berlim.

 

A nossa guia era muito expansiva e por isso dinamizou muito bem a volta a pé que fizemos por uma parte da cidade de Berlim...

 

Quando esta acabou pus-me a caminho do hostel, onde fui descansar um pouco...ia para fazê-lo e chegou o Gaston dizendo que iria sair à noite se eu queria ir...mas também o Victor (rapaz brasileiro) e o Mark (rapaz canadiano) me perguntaram se eu queria ir ao "PUBRAWL", bom eu reparti-me em dois e fui aos dois convites.

 

Assim começou a minha "noite" por Berlim...fui primeiro com o Victor e com o Mark ao início do "PUBCRAWL", mas é quando vou ter com o Gaston que tudo muda e se torna espectacular...

 

Ele tinha conhecido durante a sua tour pela cidade, com guias espanhóis (eu acabara por ir com os ingleses), três espanholas que o convidaram a ir beber um copo a uma "winery" onde uma amiga delas que estagiava à 6 meses em Berlim ir-se-ia encontrar com elas. Aliás em casa da qual elas se encontravam hospedadas, pois elas estavam por Berlim apenas em visita de férias.

 

Os pormenores da noite...

 

Saímos na Berlim Oriental onde o hostel se localizava e procurámos a winery, aqui o vinho custa um euro e o que se paga é o copo, depois em função do bom serviço da equipa que serve os vinhos - desde brancos, verdes e tintos - em função disto deixa-se o valor que se acha gratificante pelo serviço à saída.

 

"Casinha" com muito bom aspecto, cheia de pessoas, mas não a abarrotar...e com uma companhia excelente, quatro espanholas: a Maria, a Cristina, a Ana e a Noélia.

 

A Maria da região de Huelva, vivia lá e era das três a mais velha, mas foi aquela que mais tentou conversar em português comigo...adorava músicas em português.

 

A Cristina primava pela beleza, mais nova que a Maria, também natural de Huelva, mas encontrava-se a trabalhar na PWC em Madrid.

 

A Ana era uma viajante excêntrica, também muito gira e natural de Huelva, mas que simultaneamente era muito estranha. Little beat strange, mas muito simpática.

 

A Noélia era a menos gira, mas  a mais simpática a melhor relações públicas e era a que se encontrava a estagiar em Berlim.

 

Da winery, fomos, já a noite estava velhinha, para um bar/disco típico da Berlim Oriental, desta feita só eu, a Maria, a Cristina, a Ana e o Gaston (na verdade foi mais um amigo delas, mas não me lembro o nome). Foi "desbundar" toda a noite até cerca das 4h da manhã.

 

Antes de tudo isto se passar e coincidência das coincidências eu e o Gaston íamos apanhar o mesmo voo para Amesterdão, então ainda antes de sairmos à noite e como nos faltava ver um dos maiores marcos de Berlim, ou seja, o campo de concentração de Berlim - Sachsenhausen. Como o nosso voo era cerca das 16h pensámos em fazê-lo muito cedo...resta-me dizer que o campo de concentração fica a cerca de 1h de distância do centro de Berlim e que abria as suas portas às 9h da manhã.

 

Então o que nós conjecturámos foi, vamos sair, como somos novos aguentamos deitar-nos tarde e levantarmo-nos cedo, por isso, acordamos por volta das 7h da manhã, deixamos as malas à saída do hostel e vamos ao campo de concentração nem que seja  só para tirar uma foto...

 

Voltamos ao hostel para buscar as malas e pormo-nos a caminho do aeroporto para levar as malas...isto convencidos de que veríamos o campo de concentração, tiraríamos fotos e não perderíamos fotos...

 

...mais 7 momentos por Berlim, alguns ainda acompanhados pela Kate, outros nem por isso:

 

Eis o tal edíficio que agora é o Ministério das Finanças da Alemanha...bem esta foto está muito má, mas só o está porque o edifício tem um tamanho gigantesco o que na minha misera lente fotográfica, a de uma máquina digital convencional, não conseguiria nunca caber

por: TMA 05/2008

Os carrinhos que se ambicionava que todos tivessem durante o regime instalado...será que todos tiveram um!? Eu tenho a minha resposta

por: TMA 05/2008

A parte feia do Muro de Berlim, mas foi o que consegui ver, esta parte é a do lado oriental. Está muito mal conservada porque quando a a Guerra Fria acabou e todos voltaram a poder ultrapassá-lo muito quiseram retirar um pouco do mesmo para ficar com um pedaço de história...daí estar neste estado...reparem também que do lado de lá, lado ocidental existem árvores, garanto-vos que do lado oriental as que existem contam-se...

por: TMA 05/2008

 

Eu do lado ocidental do Muro de Berlim...quase no centro da discórdia (hehe!), se estivesse ali noutras épocas o mais certo era morrer se passasse de um lado para o outro, mas agora somos todos amigos...há e nem aquele exemplar de uma marca conhecida estaria ali, a não ser que estivesse desfeito, mas agora já são/somos todos amiguinhos...reparem como não há árvores do lado oriental...

por: TMA 05/2008

Embora não pareça esta é a entrada de um prédio em Berlim, reparem na destruição feita por uma bombinha e, não, não era de mau-cheiro...e por uma balas...por Berlim existem três tipos de prédios, os totalmente novos e reconstruídos de raiz, os totalmente destruídos durante a II Grande Guerra Mundial e aqueles que se mantiveram intactos...que foram poucos.

por: TMA 05/2008

 

CheckPoint Charlie...depois almoço e até aqui acompanhado pela Kate

por: TMA 05/2008

 

Praça da Universidade em Berlim, aquele edifício em frente. Estas folhas de jornal que aqui vêem foi um memorial e homenagem ás vítimas do holocausto...de referir que um pouco atrás nesta praça existe um vidro no chão, com um tamanho considerável onde se encontra uma sala toda branca, com prateleiras completamente vazias...um memorial à destruição de obras literárias...é uma cidade cheia de história num misto de destruição e muita, muita boa disposição e ironia

por: TMA 05/2008

 

(...uma curiosidade. A Berlim oriental é mais feia e cinzenta que a ocidental, mais verdejante muito mais cuidada...aquilo que melhor caracteriza a primeira são os seus monumentos históricos, muitos deles destruídos e ainda há muitos prédios com  marcas da guerra, assim como a sinalização luminosa das ruas. O que caracteriza a segunda é a organização e a quantidade de verde que existe. Nota-se mal se chega ao muro de Berlim, às portas de Brandenburgo, etc.)

 

(...ainda irão ver mais fotos de Berlim...garanto-vos...votem vá...!!!hehe!)

a viagem:

publicado por Aubigné às 13:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Giovana a 5 de Agosto de 2008 às 01:40
Estou encantada com o teu blog , e claro COM A TUA VIAGEM!!!! Estou achando o máximo as fotos e os comentários.
obs: adorei a nossa foto!!!
Estou louca para saber do resto da viagem!!!

Beijos

Giovana


De Aubigné a 9 de Agosto de 2008 às 21:42
Boa noite Giovana ,

Um beijinho grande para ti e obrigado pelo comentário...

Espero que esteja tudo bem contigo.

NOTA: como não podia deixar de ser também adorei a nossa foto...

Tiago Maria d' Aubigné


Comentar post

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30



.a viagem

. 3 "slide show" 3(3)

. agradecimentos(1)

. amesterdão(4)

. amigos(1)

. barcelona(5)

. barreiras(3)

. berlim(4)

. biarritz(4)

. dedicatória(1)

. destaque(2)

. dos...conhecidos(10)

. dos...de...portugal(1)

. extras...(17)

. lisboa(1)

. londres(4)

. madrid(4)

. mapa(1)

. melhores fotos(1)

. novo(2)

. o blog(1)

. paris(4)

. preparativos(5)

. projectos(1)

. roma(3)

. san sebastian/donostia(6)

. última imagem(1)

. ultrapassados os...(2)

. um pouco de diário...(1)

. veneza(2)

. viena(4)

. todas as tags

.o percurso

. NOVO BLOG

. BOAS FESTAS

. O vídeo...a passagem...o ...

. Será já amanhã...

. ...e como está...

. ...mesmo, mesmo aí...

. Elas estão quase aí...

. ...

. 3º "slides show" 3

. 2º slide show de 3

. ...excelente...outra vez!

. ...bom dia...

. ...

. 3...

. Fiquei hoje a saber...

. Está demorado, bem sei...

. Também tenho saudades...

. Quase novidades...

. A imaginação...

. Curiosos...?

.arquivos

. Maio 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.subscrever feeds

.músicas em viagem

.c. v. resumido

Currículo Vitae
Tiago Maria d' Aubigné
Contacto
tiagorib@hotmail.com
Dados Pessoais
Nascido em 1981
Experiência Profissional
07/2008 até ao momento - Colaborador da Multipessoal-Sociedade de Prestação e Gestão de Serviços do Grupo Espírito Santo exercendo a função de Gestor Comercial na sua área de especialização, isto é, Recursos Humanos
10/2006 a 04/2008 - Colaborador Independente do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia
11/2005 a 09/2006 - Colaborador numa empresa de Consulturia Fiscal, como Tax Consultant
02/2005 a 08/2005 - Estágio Curricular no instituto Nacional de Administração (INA) no âmbito das Novas Tecnologias da Informação
Formação Académica
10/2005 a 10/2006 - Pós-Graduado em Economia e Políticas Públicas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE)
10/2001 a 10/2005 - Licenciado em Gestão e Administração Pública pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), média final de curso 14 valores
Outras Informações Disponibilidade total
Flexibilidade de horários
Habituado a viajar pelo país e pelo estrangeiro
Muito bom nível de inglês falado, lido e compreendido
Muito bom nível de espanhol/castelhano falado, lido e compreendido
Excelentes capacidades de comunicação
Não fumador
Praticante de diversos desportos
A viagem...
Considera esta a primeira e melhor de muitas viagens que pretende fazer, quanto mais não seja pela genialidade de ter sido completamente inovador em viajar por um mês sempre de avião
Futuro...
...considera-a uma palavra muito logínqua e intemporal. Mas como qualquer "viajante" perspectiva sempre uma nova viagem, desta vez por...mas sempre com muitas novidades!
free counter
free hit counter